Movimento Espírita – Áreas de Atuação – Estudos

Área de orientação ao planejamento, implantação, integração e acompanhamento dos diversos estudos oferecidos pelas instituições espíritas.
A AEE se propõe a ser a servidora das demais áreas nas instituições e no Movimento Espírita, cooperando da melhor forma para a integração e fortalecimento das atividades que lhes cabe desenvolver.
Preocupa-se com toda a estrutura necessária ao desenvolvimento dos estudos nas instituições espíritas, contemplando questões relacionadas a Estrutura Física, Recursos Humanos e Aspectos Pedagógicos.

ESTUDOS PROPOSTOS

Objetivo: Promover o acolhimento, o consolo e a introdução aos fundamentos espíritas, em qualquer época do ano, tendo por base a mediação dialógica.

Objetivos Específicos:

  1. Acolher a pessoa interessada no estudo do Espiritismo com base no Evangelho;
  2. Atender às dúvidas imediatas e curiosidades referentes ao Espiritismo;
  3. Facilitar a confraternização e a integração entre os participantes;
  4. Abordar a importância do estudo e conhecimento do Espiritismo;
  5. Facilitar o aprendizado dos conceitos básicos do Espiritismo;
  6. Convidar o participante a refletir sobre a sua realidade espiritual;
  7. Correlacionar, fraternalmente, Espiritismo, sociedade e o cotidiano das pessoas;
  8. Contribuir para a redução da evasão nos grupos de estudo;
  9. Apresentar a Instituição e os estudos que ela oferece.

Objetivos:

  1. Proporcionar condições para estudar o Espiritismo de forma séria, regular e contínua, como meio de aperfeiçoamento moral da Humanidade, tendo como base o Evangelho de Jesus, as obras codificadas por Allan Kardec e as subsidiárias, como as de Léon Denis, Camille Flammarion, Emmanuel, André Luiz, Manoel Philomeno de Miranda, Joanna de Ângelis, Yvonne do Amaral Pereira, por exemplo;
  2. Possibilitar o conhecimento das orientações básicas que os Espíritos Superiores transmitiram ao Codificador, tais como: Deus, Espírito, matéria, comunicabilidade dos Espíritos, reencarnação, pluralidade de mundos habitados, o bem e o mal, as leis morais, as penas e recompensas futuras, entre outras;
  3. Colaborar na formação de adeptos esclarecidos quanto aos princípios espíritas e auxiliar na formação de novos trabalhadores da Casa Espírita.

Objetivos :

  1. Promover o estudo da Doutrina Espírita, pelo contato direto com as obras básicas, para conhecimento, compreensão, vivência, prática e divulgação, colocando-a ao alcance e a serviço de todas as pessoas, indistintamente, independentemente de sua condição social, cultural, econômica ou de faixa etária;
  2. Primar pelo conhecimento do texto e do contexto da obra básica por meio do domínio do conteúdo explicitado ou compilado em cada uma delas;
  3. Contribuir para o aprimoramento do processo de estudo nas instituições espíritas, considerando que a conhecimento de Kardec, como base da segurança doutrinária, deverá permear todas as atividades internas individuais e coletivas, respeitadas as características regionais e locais;
  4. Desenvolver a análise reflexiva como instrumento de aquisição do conhecimento da obra básica em estudo;
  5. Assegurar permanente capacitação dos trabalhadores espíritas no domínio do EOB para acolher, consolar, esclarecer, orientar e integrar as pessoas que chegam ao Centro Espírita.

Objetivos:

Enfatizar o tríplice aspecto da Doutrina Espírita, fundamentado nas obras da Codificação e nas subsidiárias a estas, cujas ideias guardam fidelidade com as diretrizes morais e doutrinarias definidas, respectivamente, por Jesus e por Allan Kardec

Propiciar o conhecimento aprofundado da Doutrina Espírita no seu tríplice aspecto: religioso, filosófico e científico;

  1. Favorecer o desenvolvimento da consciência espírita, necessário ao aprimoramento moral do ser humano;
  2. Incentivar o hábito da pesquisa como forma de aprofundar o conhecimento espírita.

Objetivos:

  1. Estimular o ato de estudar as obras subsidiárias a fim de que o facilitador, monitor ou coordenador dos grupos de estudos estejam melhor preparados para exercer a sua tarefa, fazendo com que o conhecimento espírita se torne cada vez mais acessível aos diferentes níveis de entendimento humano;
  2. Favorecer o desenvolvimento da consciência espírita, necessário ao aprimoramento moral do ser humano;
  3. Propiciar o conhecimento aprofundado da Doutrina Espírita no seu tríplice aspecto: científico, filosófico e moral.

DOCUMENTOS ORIENTADORES

OrientacaoAreaEstudoEspiritismo

Orientação para a Área de Estudo do Espiritismo

OrientacaoEstudoSistematizadoDE

Orientação para o Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita - ESDE

IntroducaoEstudoEspiritismo

Orientação Introdução ao Estudo do Espiritismo e Estudo da Obra básica