Comunicado FEB “A FEB e a não adulteração de obras psicografadas por Francisco Cândido Xavier”

A FEB e a não adulteração de obras psicografadas por Francisco Cândido Xavier

O que Jesus faria no seu lugar?

Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados (I Pedro, 4:8).

A Federação Espírita Brasileira (FEB), no decorrer de 136 anos, vem trabalhando para a divulgação, o estudo e a prática do Espiritismo. Vivencia, em cada ação diária, união, responsabilidade, seriedade e dedicação, difundindo o Evangelho de Jesus e a mensagem consoladora dos Espíritos Superiores, fiel aos postulados da Codificação empreendida por Allan Kardec.

Sempre em busca de consolar e de esclarecer a todos que a procuram, a FEB estabelece comunicação direta e transparente com os que se dedicam ao estudo e à prática doutrinária no Brasil e no exterior. Assim, diante de mensagens que têm sido divulgadas em diversos meios de comunicação, pronuncia-se oficialmente, esclarecendo que:

  1. Como é próprio da seriedade do trabalho cuidadoso da Casa de Ismael, não adulteramos as obras psicografadas pelo médium Francisco Cândido Xavier, ou de qualquer outro autor, encarnado ou desencarnado.
  2. Como de praxe, no processo da produção de livros, revisões são realizadas para eventuais atualizações ortográficas e possíveis correções gramaticais e semânticas, objetivando a clareza da legibilidade textual. Para isso, adotamos o Manual de Padronização Editorial da FEB, preparado por sua equipe editorial.
  3. Por meio de sua Editora, a FEB elabora notas explicativas, quando necessário, inserindo-as em rodapé de página, final de capítulo ou da obra. Enfatizamos que não há interferência no texto original oriundo da Espiritualidade. Este trabalho de revisão nunca deve interferir no estilo e no conteúdo autorais, desfigurando-os ou alterando-lhes a originalidade.
  4. A exemplo da obra O evangelho por Emmanuel, esclarecemos que em nenhum momento os comentários do autor espiritual sofreram modificações. Quanto aos versículos registrados como epígrafe dos textos, adotamos metodologicamente traduções mais recentes. Em futuras edições, para a clareza da correspondência entre as palavras, serão acrescidas notas de rodapé, além das já existentes, quando um termo específico do versículo é citado no título da mensagem ou no comentário de Emmanuel.
  5. A possível ocorrência de equívocos involuntários no trabalho tem sido avaliada pela Instituição e as correções, quando e se necessárias, são realizadas. Destacamos que as novas edições foram ajustadas por lei, obrigatoriamente, ao Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990), com período de transição de 1º de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2012, mas em plena vigência a partir de 1º de janeiro de 2013 (Decreto nº 6.583, 29 set. 2008).
  6. Cientes da contribuição ao bom andamento do trabalho editorial e da divulgação espírita, solicitamos aos leitores que encaminhem formalmente ao Conselho Diretor e Conselho Editorial, pelo e-mail editorial@febnet.org.br, suas contribuições e sugestões para avaliação da FEB Editora.

Agradecemos a todos que acompanham o trabalho sério e compromissado com Jesus e Kardec que a FEB realiza em mais de um século de existência.

Sigamos firmes na divulgação do Bem.


Jorge Godinho Barreto Nery

Presidente

Federação Espírita Brasileira

Fonte:https://www.febnet.org.br/portal/2020/10/28/a-feb-e-a-nao-adulteracao-de-obras-psicografadas-por-francisco-candido-xavier/

Veja aqui o documento Original para download

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *